PIS 2020: Calendário, Pagamento e Consulta PIS

O programa PIS 2020 é um dos benefícios sociais mais importantes do Governo Federal destinado ao trabalhador brasileiro. O Abono Salarial Caixa é muito conhecido também como abono salarial, ele é pago anualmente e todo o cidadão brasileiro que se enquadra nos requisitos de recebimento do programa, o benefício é administrado pela a Caixa Econômica Federal, banco responsável em repassar é administrar toda a verba, durante o Calendário PIS 2020.

PIS 2020
PIS 2020

Quem tem direito ao PIS?

A Sigla PIS significa Programa de Integração Social é um benefício pago anualmente pelo o Governo Federal, o mesmo é pago somente para as pessoas que se enquadram nos requisitos de recebimento do programa, para sacar o PIS é necessário que o trabalhador seja registrado em empresa privada.

Novas regras do PIS

Para receber o PIS 2020, esse ano é preciso que o trabalhador brasileiro e enquadre em alguns requisitos mínimos dos programas, conheça os mesmos.

  • Ter trabalhado no mínimo 5 anos cadastrado no programa PIS;
  • Receber mensalmente renda per capita de até 2 salários mínimos;
  • Estar em dia com o ministério do trabalho;
  • Ter todos os seus dados atualizados com o RAIS – Relação Anual de Informações Sociais;
  • Ter trabalhado no mínimo 30 dias de carteira assinada no ano anterior ao de vigência do benefício.

Quem não pode receber o PIS?

Com as novas regras do PIS estabelecidas, alguns trabalhadores não poderão receber o benefício. Confira quem são eles:

  • Empregados domésticos;
  • Trabalhadores que realizam trabalhos para Pessoa Física;
  • Trabalhadores que ainda não possuem os 5 anos de cadastro no PIS;
  • Diretores de empresas sem vínculo empregatício, mesmo que contribua com o FGTS;
  • Funcionários do programa programa Jovem Aprendiz.

Atenção: O PIS é pago somente para os trabalhadores do setor privado. Para os servidores públicos, é pago outro benefício, conhecido como PASEP 2020, que tem regras semelhantes, mas é pago pelo Banco do brasil.

Consulta PIS 2020

A Caixa Econômica Federal oferece ao trabalhador diversas maneiras de realizar a consulta do seu benefício. Abaixo você poderá conhecer todas elas e como consultar sobre o PIS:

Consulta PIS pela Internet

O PIS pode ser consultado de forma online, através da plataforma da Caixa Econômica Federal, siga os passos abaixo para consultar:

O cadastro da senha pode ser feito clicando no botão “cadastrar senha”, caso você ainda não possua.

Consulta PIS por Telefone

Outra forma de consultar é através do telefone, ligando para o serviço de atendimento da Caixa. O número para contato é 0800 726 0207. A ligação é gratuita. Pode ser feita de segunda à sexta, das 08h às 22h, e aos sábados, das 10h às 16h.

Consulta PIS pelo Caixa Eletrônico

A última opção é se dirigir a uma agência Caixa e consultar de forma presencial em um caixa eletrônico. O procedimento também é bastante simples, você apenas precisará ter em mãos o seu cartão cidadão e senha cadastrada.

Aplicativo Caixa Trabalhador

O avanço da tecnologia veio para facilitar a vida de todos, e o Aplicativo Caixa Trabalhador é mais um dos benefícios. Ao fazer o download do APP no seu smartphone você terá acesso a diversas informações, como:

  • Valor e regras do Seguro-desemprego;
  • Regras, valores e consultas ao PIS;
  • Valor, cadastro e calendário do Bolsa Família;
  • Calendário de outros benefícios.

Valor do PIS 2020

O valor do PIS é pago de acordo com o tempo de serviço do trabalhador no ano base. Sendo utilizado como base o valor do salário mínimo nacional do ano.

Para saber o cálculo do PIS, o valor deve ser multiplicado por 1/12 do valor do mínimo nacional. Confira a tabela do PIS 2020 abaixo:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
Para mais detalhes, clique aqui.
1 (30 a 44) R$ 84,00
2 (45 a 74) R$ 167,00
3 (75 a 104) R$ 250,00
4 (105 a 134) R$ 333,00
5 (135 a 164) R$ 416,00
6 (165 a 194) R$ 499,00
7 (195 a 224) R$ 583,00
8 (225 a 254) R$ 666,00
9 (255 a 284) R$ 749,00
10 (285 a 314) R$ 832,00
11 (315 a 344) R$ 915,00
12 (345 a 365) R$ 998,00

Calendário PIS 2020

O calendário PIS 2020 é divulgado anualmente pelo o Governo Federal, o mesmo serve para direcionar o contribuinte a respeito do prazo de saque do benefício, a tabela segue uma ordem de pagamento, é importante que realize o saque do benefício no prazo para que não se perca o direito ao saque, o PIS não é um benefício acumulativo, ou seja, caso você não saque não receberá no próximo ano dois abono salarial caixa.

Atualmente os trabalhadores sofreram alguns transtornos enquanto as datas de saques, isto porque antes o benefício era pago de acordo com o mês de nascimento de cada contemplado, com a crise econômica que o Brasil enfrentou os pagamentos sofreram atrasos é o principal prejudicado, foi o trabalhador que estava contado com o dinheiro dentro do mês de costume.

Fique atento (a) ao calendário de pagamento a seguir:

Tabela PIS 2020

Veja quando sacar o seu abono salarial
Lista de datas de pagamento do PIS 2020
Aniversário Pode Sacar em: Até:
Julho 25/07/2019 30/06/2020
Agosto 15/08/2019 30/06/2020
Setembro 19/09/2019 30/06/2020
Outubro 17/10/2019 30/06/2020
Novembro 14/11/2019 30/06/2020
Dezembro 12/12/2019 30/06/2020
Janeiro e Fevereiro 16/01/2020 30/06/2020
Março e Abril 13/02/2020 30/06/2020
Maio e Junho 19/03/2020 30/06/2020

Como Sacar o PIS 2020

O benefício PIS 2020 é um dos benefícios administrados pela a Caixa Econômica Federal, banco responsável em administrar os benefícios sociais, sendo assim somente nas agências da Caixa ou em qualquer casa lotérica conveniada você consegue realizar o saque, para isto basta apenas que você esteja portando o seu documento original de identificação com foto e o cartão cidadão.

Ser você não tem o cartão cidadão só poderá sacar o benefício em uma agencia da Caixa, aproveite o momento é solicite o seu cartão cidadão, com ele fica mais fácil para que você consulte saldo, estrato e saque o PIS é diversos outros benefícios sociais que estão vinculados ao Governo Federal, tais como:

Para solicitar o cartão cidadão esteja portando todos os seus documentos pessoais, carteira de trabalho e comprovante de residência.


Não recebi o PIS, o que fazer?

Se você não recebeu o PIS, provavelmente ocorreu algum erro com seu benefício, o que é bastante comum. Entre os maires problemas que dificultam o acesso ao PIS 2020, estão:

  • RAIS não informada: Caso a sua RAIS não tenha sido informada, será preciso contatar o RH da sua empresa e solicitar o envio da retificação. Logo após a inclusão dos dados, você receberá o PIS.
  • Décimo Terceiro Salário: O erro que mais acontece é a inclusão do 13º salário como remuneração mensal. Segundo o Manual de informações da RAIS, o décimo terceiro salário não deve ser informado como remuneração
  • Erros de Digitação: Caso haja um erro de digitação no momento de preenchimento da RAIS, será necessário revisar o cadastro e fazer a correção.

Diferença de PIS, PASEP e Abono Salarial

Esses três programas tem muito em comum, no entanto, não são o mesmo. Confira abaixo quais são as diferenças entre eles:

  • PASEP: O PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, é um benefício pago aos trabalhadores do setor público;
  • PIS: O PIS – Programa de Integração Social possui a mesma função do PIS, no entanto, é pago a trabalhadores do setor privado;
  • Abono Salarial: O Abono Salarial está ligado diretamente ao trabalhador, com base na Lei 13.134/15.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Cadastro PIS 2020: Como fazer Inscrição, Quem tem Direito

O Programa de Integração Social ou simplesmente PIS como é mais conhecido foi criado por volta do ano de 1970 e de lá para cá beneficia, todos os anos, milhares de trabalhadores da iniciativa privada com uma bonificação pelo trabalho realizado no ano anterior. É ainda provável que muito mais pessoas que possuem o direito a receber o PIS não o estão recebendo devido ao fato de desconhecerem este mesmo direito e, do mesmo modo, não terem realizado o cadastro PIS 2020 para participar do programa.

Se você se encontra nesta situação, é muito importante que aprenda como efetuar o cadastro PIS 2020. Já que se trata de um dos programas de auxílio trabalhistas mais importantes para o brasileiro, podendo assim receber o seu abono. Confira.

Cadastro PIS
Cadastro PIS

Quem deve cadastrar o PIS/NIS?

Existem dois procedimentos conhecidos como “Cadastro no PIS”, conheça eles abaixo:

  • Antes do jovem fazer a carteira de trabalho, deve fazer o cadastro PIS, o mesmo é feito em agências da Caixa. Após isso, será possível encaminhar a carteira de trabalho;
  • O segundo caso, é quando o trabalhador é contratado em alguma empresa, e então seus dados são cadastrados junto ao sistema da Previdência Social. Sendo os empregadores os responsáveis por este cadastro.

Como se Cadastrar no PIS?

O cadastro é feito em uma única etapa. Geralmente é realizado pelo empregador, mas também pode ser feito pelo trabalhador. Neste último caso, você precisará se dirigir até uma agência da Caixa Econômica Federal munido dos seguintes documentos:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de Residência.

No banco, você deverá procurar o atendimento pessoal para solicitar o cadastramento no PIS. Em poucos instantes você receberá o seu número NIT (Número de Identificação do Trabalhador) que, através dele, o qual equivale ao PIS que será inserido em sua Carteira de Trabalho.

Como se cadastrar no PIS em uma Agência da Caixa

Como dito anteriormente, o cadastro PIS é obrigatório para que o jovem emita sua carteira de trabalho. Para isso, será necessário se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal com tais documentos em mãos:

  • Documento de identificação original com foto;
  • Comprovante de residência atualizado (de até 3 meses anteriores).
  • CPF.

O cadastro é feito na hora e o jovem sai de lá com seu número PIS em mãos. É possível ainda realizar este procedimento de forma online através do portal Dataprev.

Cadastro PIS Online – Para Trabalhadores

Também é possível realizar o cadastro PIS de forma online. Nesse caso, será necessário que você tenha alguns dados em mãos:

  • Nome completo;
  • Nome da mãe;
  • CPF;
  • Data de nascimento;
  • Documento de identidade – RG.

Com isso, você deverá:

  • Entrar no site do Ministério do Trabalho, clicando no link;
  • Clique no canto superior esquerdo da tela, e selecione a opção “inscrição”, em seguida selecione “filiado”;
  • Depois disso, você deve informar os dados exigidos.

Como as Empresas Cadastram o Funcionário?

Os empregadores que já possuem cadastro no programa, assim que recebem a documentação do novo trabalhador o cadastram em sua área especifica do referido programa. Aqueles que ainda não possuem o cadastro terão que realiza-lo pelo site da Caixa.

É fundamental para empresas que o funcionário possua cadastro no sistema. Pois é a única forma de garantir que o trabalhador tenha direito a benefícios trabalhistas como:

  • Aposentadoria;
  • Salário maternidade das trabalhadoras;
  • Abono salarial;
  • E também o auxílio doença do INSS.

Qual é o valor do abono do PIS?

O valor pago pelo Governo vai variar de acordo com o tempo de serviço do trabalhador com carteira assinada no ano base.

Segundo o cálculo do governo federal, cada mês trabalhado dá direito a 1/12 do valor do salário mínimo 2020, ou seja, R$ 84,00. Assim para receber o valor integral é necessário ter a carteira assinada durante todo o ano base.

Para receber o benefício,é necessário ter, pelo menos 30 dias de carteira assinada.  Confira abaixo a tabela de valores proporconais do Abono Salarial:

Proporção (meses trabalhados) Valor Abono 2020
1 R$ 84,00
2 R$ 167,00
3 R$ 250,00
4 R$ 333,00
5 R$ 416,00
6 R$ 499,00
7 R$ 583,00
8 R$ 666,00
9 R$ 749,00
10 R$ 832,00
11 R$ 915,00
12 R$ 998,00

Quem tem direito ao PIS?

É importante esclarecer este ponto uma vez que, muitos trabalhadores ainda desconhecem os requisitos e critérios do programa. Para isso é preciso que o trabalhador:

  • Esteja cadastrado no programa por pelo menos 5 anos;
  • Que receba, no máximo, 2 salários mínimos;
  • Que tenha trabalhado, no mínimo, 30 dias no ano anterior e com a carteira de trabalho assinada;
  • Que trabalhe em empresa de iniciativa privada.

Consulta PIS

Depois de ter o seu cadastro realizado, e seu benefício estar atualizado pelo empregador, é possível realizar um cadastro no site da Caixa para consultar informações referentes a alguns benefícios, como Abono Salarial, FGTS e Seguro Desemprego.

O cadastro é simples de ser feito, confira o passo a passo:

  • Acesse o site da Caixa, clicando aqui;
  • Informe o número do NIS;
  • Clique em Cadastrar Senha;

  • Siga as instruções de cadastro e conclua o mesmo;
  • Após isso, acesse novamente a página, informe o número do NIS e a senha cadastrada e clique em “OK”;
  • Agora, você poderá consultar todas as informações necessárias.

Diferença entre PIS e NIS

Você já deve ter ouvido falar do PIS e do NIS diversas vezes, mas, os dois possuem diferença. O NIS – Número de Identificação Social é feito na Caixa Econômica Federal, sua função é identificar os cidadãos que tem ou venham a ter direito a benefícios sociais.

Dessa forma, o NIS se transforma no PIS, isso acontece assim que se estabelece um vício empregatício. A inscrição do Número de Identificação Social passa a ser o PIS, ou então no caso do Abono Salarial aos trabalhadores públicos o PASEP.

Onde posso ver o Número do PIS?

A consulta do número do PIS é muito simples de ser feita, se você não sabe se possui cadastro ou não pode consultar o mesmo através dos seguintes meios:

  • Cartão Cidadão;
  • Carteira de Trabalho;
  • Solicitar no RH da empresa;
  • Pelo 0800 da Caixa ou pela internet;
  • Extrato FGTS.

Cadastro PIS – Considerações Finais

O pagamento do abono salarial é feito de acordo com as datas estipuladas pelo Governo em uma tabela anual. É importante ficar atento para não perder a data, pois o valor do abono, quando não é sacado, acaba retornando para sua origem e o trabalhador acaba o perdendo, ou seja, vai ter que esperar o novo ano para receber o seu beneficio. Então, fique atento!

Espero que esse artigo tenha te ajudado. Aproveite e o compartilhe em suas redes sociais com os seus amigos. Até a próxima!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

PIS 2019: Calendário PIS 2019, Valor, Consulta PIS

Todos os anos o trabalhador brasileiro espera por um dos benefícios mais aguardados pela classe, o Abono Salarial. Considerado por muitos como o 14º salário, o PIS 2019 será pago à uma parcela da população trabalhadora que se enquadra em alguns requisitos estabelecidos para o recebimento, e no próximo ano, o PIS 2019 promete apresentar algumas novidades em relação à faixa de renda atingida pela população. Seu saque poderá ser feito em agências da Caixa Econômica Federal ou em postos de atendimento autorizados.

O PIS 2019 será pago a todo trabalhador urbano e rural que trabalhe em empresa particular e que se enquadre nas determinações descritas abaixo pelo MTE para ter acesso ao benefício. É válido lembrara que no ano passado tentou-se alteração da regra de pagamento do PIS e do Seguro desemprego para torna-los mais restritivos. Mas a nova regra do PIS 2019 acabou por ser vetada – enquanto que a regra para o seguro desemprego acabou por ser aprovada.

PIS 2019
PIS 2019

Quem pode receber o PIS 2019

Existe uma pequena lista de requisitos para que o trabalhador possa ter direito ao abono salarial 2019. Entre elas:

  • Deve ter trabalhado em emprego formal por 30 dias ou mais no ano anterior, com carteira assinada;
  • A empresa em que trabalhou precisa estar em dia com as pendências do Ministério do Trabalho – Mais especificamente a entrega da RAIS;
  • O Salário do Funcionário não pode exceder a média de 2 salários mínimos por mês;
  • Ele precisa ter cadastro no PIS há 5 anos ou mas para começar a ter direito a receber o PIS.

Você pode consultar as datas de pagamento do seu benefício pela internet, descubra como a seguir.

Quem tem direito ao abono salarial PIS 2019

Se você deseja receber o PIS precisa seguir alguns requisitos, como qualquer outro programa. Os requisitos são os seguintes:

  • O trabalhador deve receber em médio dois salário mínimos mensais;
  • Ter registro na carteira de trabalho com atividade de no mínimo 30 dias no ano anterior;
  • Ter inscrição no PIS durante pelo 5 anos;
  • Ter as informações da Relação Anual de Informações Sociais – RAIS repassadas pelo empregador.

Consulta PIS

É possível consultar o seu saldo PIS de diversas maneiras, as quais são disponibilizadas pela Caixa Econômica Federal. Abaixo você pode conferir todas as formas de consulta ao seu benefício:

Consulta PIS por Telefone

Através da central de atendimento da Caixa você pode obter o saldo do seu PIS de forma fácil e rápida. É necessário apenas ligar para o número 0800 726 0207. O serviço funciona de segunda à sexta, das 08h às 22h e aos sábados, das 10h às 16h. A ligação é gratuita.

Além do abono salarial, você poderá consultar o saldo de outros benefícios, como o FGTS, Bolsa Família e Bolsa Atleta.

Consulta PIS pelo Caixa Eletrônico

Outra opção é consultar seu saldo em um caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal. O procedimento é simples, você precisa somente ter em mãos o seu cartão cidadão e a senha cadastrada.

Consulta PIS pela Internet

A última opção de consulta, e também muito simples, é de forma online, através do site da Caixa. Siga o passo a passo abaixo para consultar:

  • Inicialmente, você deve acessar o site da Caixa Econômica Federal, clicando aqui;
  • Preencha os dados solicitados, como o número do PIS e a senha da internet;
  • Clique na caixa “Não sou um robô”;
  • Por fim, clique em “OK”.

Caso você não possua a senha, pode cadastra-la neste site mesmo, é só você digitar seu número do PIS e então selecionar a opção “Cadastrar Senha”.

Valor do PIS 2019

O valor do PIS não se relaciona diretamente com o valor do salário, mas sim, com o tempo de trabalho do servidor no ano anterior. O pagamento leva em consideração o salário mínimo 2019 atual.

Ou seja, o valor do PIS 2019 corresponde ao tempo de serviço em 2018. Para calcular, é preciso multiplicar o valor por 1/12 do valor do mínimo.

Para entender melhor como funciona, você pode conferir a tabela de valores do PIS a seguir:

Proporção (meses trabalhados) Valor Abono 2019
1 R$ 84,00
2 R$ 167,00
3 R$ 250,00
4 R$ 333,00
5 R$ 416,00
6 R$ 499,00
7 R$ 583,00
8 R$ 666,00
9 R$ 749,00
10 R$ 832,00
11 R$ 915,00
12 R$ 998,00

Como será pago o PIS 2019

O pagamento do benefício será feito em forma de saque: O valor estará disponível para ser retirado em:

  • Agências da Caixa Econômica Federal (CEF);
  • Em postos de atendimento da Caixa;
  • Caixas Eletrônicos do Banco ou;
  • Em casas lotéricas.

Para realizar o saque do benefício, é necessário portar o seu cartão do cidadão, além de um documento de identidade válido com foto – pode ser carteira de identidade, carteira de motorista, carteira de trabalho, ou 3ª via do serviço militar.

As datas de pagamento serão divulgadas de acordo com a tabela de pagamentos do PIS 2019, a ser divulgado pelo ministério do Trabalho e Emprego – MTE. No primeiro semestre de 2019 serão pagos os abonos salariais dos últimos beneficiários do ano anterior, e no próximo semestre, os pagamentos do regime 2019 do PIS.

OBS.: Essa mudança em relação ao pagamento do PIS 2019/2020 foi feita para reduzir as contas do Estado no ano de 2019, mas os pagamentos do benefício não foram cancelados, apenas parcialmente transferidos para 2019. O saque dos benefícios pagos em 2020 poderá ser feito já com o valor do salário mínimo divulgado em Janeiro.

Como Consultar Saldo e Tirar Extrato PIS

Existem três diferentes maneiras de consultar o saldo e o extrato PIS, confira:

1ª ALTERNATIVA

Caso o trabalhador tenha conta corrente ou poupança na Caixa Econômica Federal e tem acesso ao Internet Banking, é preciso:

A tela que abrirá irá informar os dados do trabalhador, como as empresas que o mesmo trabalhou ou trabalha, a datas dos últimos abonos e os valores dos mesmos.

2ª ALTERNATIVA

Se você trabalhador não tiver acesso ao Internet Banking, mas possuir o cartão cidadão, basta ir até uma agência da Caixa diretamente no caixa eletrônico ou em uma Casa Lotérica retirar o seu saldo ou extrato.

3ª ALTERNATIVA

No caso do trabalhador ainda não possuir o cartão cidadão, ele deve ir até uma agência da Caixa com seu número do PIS e um documento com foto. Dessa maneira, o trabalhador irá tirar um extrato analítico, que é um extrato mais aprofundado dos seus rendimentos da conta PIS.

Calendário do PIS 2019

O novo calendário do PIS foi divulgado em Junho e contêm as datas dos pagamentos do abono Salarial até o ano seguinte. Vale lembrar que quem não resgatar o valor do PIS na Caixa até 30 de Junho perde o benefício e não consegue mais sacá-lo. Confira a seguir a tabela do benefício.

TABELA PIS 2018/2019 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (ATUALIZADA)
Calendário de pagamento do PIS 2019 para agências da Caixa:
Aniversário Pode Sacar em: Até:
Julho 25/07/2018 30/06/2019
Agosto 15/08/2018 30/06/2019
Setembro 19/09/2018 30/06/2019
Outubro 17/10/2018 30/06/2019
Novembro 24/11/2018 30/06/2019
Dezembro 12/12/2018 30/06/2019
Janeiro e Fevereiro 16/01/2019 30/06/2019
Março e Abril 13/02/2019 30/06/2019
Maio e Junho 19/03/2019 30/06/2019

Não recebi o PIS 2019, o que fazer?

Quando acontece de você não receber o PIS é porque houve algum problema, conheça abaixo os três erros mais comuns que bloqueiam o recebimento do seu abono salarial:

  • 13º Salário: O erro mais comum é considerar o décimo terceiro salário como remuneração mensal;
  • RAIS não informada: Quando a RAIS não é informada, você pode resolver este problema junto ao RH da sua empresa pedindo um novo envio da RAIS retificadora;
  • Erros de Digitação: Se houver algum erro no preenchimento da RAIS, confira os erros e corrija o cadastro.

Aplicativo Caixa Trabalhador 

Com o avanço da tecnologia ficou muito mais fácil o acesso a diversas informações, entre elas a consulta PIS. Com o Aplicativo Caixa Trabalhador você terá acesso a:

  • Valor, cadastro e calendário do Bolsa Família;
  • Regras, valores e consultas ao PIS 2019;
  • Valor e regras do Seguro-desemprego 2019;
  • Calendário de outros pagamentos.

Diferença de PIS, PASEP e Abono Salarial

O PIS, PASEP e o Abono Salarial tem diversas coisas em comum. No entanto, eles não são os mesmos benefícios. Confira abaixo as diferenças:

  • Abono Salarial: O Abono Salarial está ligado diretamente ao trabalhador, baseado na Lei 13.134/15;
  • PIS: O PIS – Programa de Integração Social beneficia trabalhadores do setor privado;
  • PASEP: O PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, tem a mesma função do PIS, no entanto, está liga ao servido do setor público.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

PIS COFINS

O Abono Salarial é um dos benefícios mais importantes para assegurar o equilíbrio das contas do Trabalhador, mas esse benefício, ao contrário do que muita gente pensa, não sai diretamente do bolso do Governo Federal, mas sim através da cobrança de impostos de empresas privadas, e À essa contribuição se dá o nome de PIS COFINS. É uma das contribuições mais importantes, no que diz respeito ao direito dos trabalhadores, sendo obrigatória a toda e qualquer empresa que se enquadre dentro das regras de pagamento estabelecidas por lei. Confira a seguir.

PIS COFINS
PIS COFINS

Unificação do PIS COFINS 

A unificação do PIS COFINS ocorreu em 2016. O objetivo da mesma foi elevar a carga tributária para a prestação de serviços, o que reforça a economia do Brasil.

Atualmente, a maioria das empresas que realizam prestação de serviços utilizam o PIS COFINS cumulativo, que não faz abatimento sobre os insumos da alíquota da Receita.

A necessidade de unificação do PIS/CONFINS, contempla mais de 75 Leis, além de centenas de decretos, várias portarias entre outras normas, que orienta a destinação e cobrança do recurso.

Pagamento PIS

O PIS é a contribuição feita pelas empresas para pagar benefícios empregatícios consolidados pela CLT, como o Programa de Integração Salarial – ou PIS, ou simplesmente Abono Salarial 2020 – e o Seguro Desemprego. O Cálculo desse imposto é bastante semelhante ao do COFINS, por isso os dois normalmente são tratados em conjunto.  O valor dessa tributação é de 0,65% do faturamento bruto da empresa, sendo que essa cobrança á está incluída na alíquota única paga às empresas que se enquadrem no Simples Nacional.

Existem 3 tipos de pessoa jurídicas em que podem incidir o pagamento do PIS:

  1. Empresas Privadas – pago de acordo com o faturamento da empresa;
  2. Empresas Públicas – pago de acordo com o recebimento de dos recursos públicos e arrecadação da entidade;
  3. Pago sobre a folha de salário de entidades de relevância que estejam descritas pela lei.

Essas 3 características descritas por lei não abarcam todos os tipos de contribuição: Existe uma lista completa das imunidades presente no portal da Receita Federal, que inclui a isenção de pagamento do PIS sobre entidades de assistência Social, sobre entidades de cunho religioso, além de serem isentos os rendimentos de empresas decorrentes de exportação – uma maneira de incentivar os empresários a gerarem divisas para o país.

COFINS

O Objetivo do COFINS é, na prática, basicamente o mesmo do PIS – trata-se de uma contribuição feita pelas empresas para garantir a seguridade social do povo brasileiro, além de ajudar a financiar a saúde no país. A Contribuição do COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social – é obrigatória para todas as empresas e microempresas, mas assim como no caso do PIS 2020, essa cobrança já estará inclusa nas taxas das contribuições feitas pelo Simples Nacional.

O valor do COFINS é de 3% do faturamento bruto da empresa, e é cumulativo às contribuições do PIS.

O pagamento do COFINS não incide sobre venda de patrimônio da empresa, valores de vendas canceladas, valores do ICMS e IPI.

Ao todo o PIS COFINS pesa em torno de 3,65% sobre todo o faturamento bruto de uma empresa privada no Brasil, sendo uma contribuição que aumenta muito a carga tributária e contribui para a desindustrialização do país e redução da taxa de emprego e renda nacional.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Pagamento do PIS 2020 – Como Sacar o PIS

Pagamento do PIS 2020 – Muitos trabalhadores brasileiros têm dificuldade de fechar as contas no final do ano: com tantas despesas para pagar, fica até difícil fechar o orçamento, principalmente de quem é trabalhador que recebe até 2 salários mínimos mensais. Pensando nisso, há várias décadas já, existe um benefício trabalhista que serve já para fechar essa lacuna nas contas do trabalhador: o PIS, ou simplesmente abono salarial.

O pagamento do PIS acontece anualmente, para que tenha inscrição no PIS ou no PASEP por pelo menos 5 anos e serve para garantir a seguridade social do trabalhador e servidor. Mas muita gente acaba, por falta de informação, sem nem saber que tem direito, por isso, preparamos hoje uma lista de informações importantes para quem deseja sacar o PIS 2020: tudo o que você precisa saber para garantir esse benefício importante.

Pagamento do PIS 2020
Pagamento do PIS 2020

Quem tem Direito a Sacar o PIS 2020

Antes de mais nada, é fundamental entender quem tem direito a receber esse benefício. Para sacar o abono salarial, é necessário estar enquadrado nas seguintes condições em seguida:

  1. É preciso ter trabalhado, no ano anterior, por pelo menos 30 dias consecutivos com carteira assinada para ter direito ao benefício;
  2. É necessário que a média dos salários mensais, no ano anterior tenha sido de até 2 salários mínimos;
  3. É preciso ter inscrição no PIS ou no PASEP por pelo menos 5 anos para passar a ter direito a receber o abono salarial;
  4. A empresa onde foi empregado precisa ter listado o seu nome na relação dos empregados (RAIS) entregue ao Ministério do Trabalho e Emprego.

Observação: Quem tiver a carteira assinada por pessoa física, como é o caso das empregadas domésticas, não tem direito a sacar o PIS, pois a regra para receber o benefício é clara, e deve ter servido para uma pessoa jurídica para ter direito a receber o benefício.

ATENÇÃO: Você só vai conseguir sacar o seu abono salarial dentro do prozo de saque do calendário PIS 2020. Consulte a tabela do PIS para sabe se está na época de sacar o seu benefício.

Pagamento do PIS 2020 – Como Sacar

Para receber o PIS 2020, existem 3 maneiras distintas para se cumprir:

  • Caso o beneficiário possua conta corrente ou poupança na Caixa Econômica Federal, é possível receber o benefício diretamente em conta, sem precisar fazer nenhum requerimento;
  • Caso o trabalhador não seja correntista, pode realizar o saque do seu abono salarial na Caixa Econômica Federal, basta apresentar no banco um documento de identidade com foto, e o seu número do PIS – que pode ser encontrado no seu cartão do Cidadão, ou na sua carteira de Trabalho;
  • Outra opção de saque para quem não é correntista é fazer o saque em uma lotérica. Nesse caso, basta apresentar na lotérica o seu cartão do cidadão e solicitar o saque do seu PIS. Se você tiver o benefício disponível, o saque será efetuado no ato.
Pagamento do PIS 2020
Pagamento do PIS 2020

Calendário PIS 2020

O PIS disponibiliza um calendário de pagamento, para evitar tumultos nas agências Caixa. Dessa forma, o trabalhador pode acompanhar a tabela e sacar conforme determinado.

Tabela PIS 2020

TABELA PIS 2019/2020 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (ATUALIZADA)
Calendário de pagamento do PIS 2019-2020 para agências da Caixa:
​​Nascido em ​Recebem a partir de Podem sacar até:
​Julho ​26/07/2019 28/06/2020
​Agosto ​16/08/2019 28/06/2020
​Setembro ​13/09/2019 28/06/2020
​Outubro ​18/10/2019 28/06/2020
​Novembro ​20/11/2019 28/06/2020
​Dezembro ​13/12/2019 28/06/2020
​Janeiro ​​17/0​1/2020 28/06/2020
​Fevereiro ​​17/0​1/2020 28/06/2020
​Março ​​21/02/2020 28/06/2020
​Abril ​​21/02/2020 28/06/2020
​Maio ​​14/03/2020 28/06/2020
Junho ​​14/03/2020 28/06/2020

Qual o Valor do PIS?

O valor do benefício disponível para saque é igual a 1 salário mínimo no ano corrente. Ou seja, o valor do PIS 2020 é de 1 salário mínimo em 2020, já o valor do benefício em 2020 será o valor do salário daquele ano, e assim por diante.

Confira a tabela do PIS, para que você possa entender melhor:

Meses trabalhados (dias) Valor do abono
1 (30 a 44) R$ 84,00
2 (45 a 74) R$ 167,00
3 (75 a 104) R$ 250,00
4 (105 a 134) R$ 333,00
5 (135 a 164) R$ 416,00
6 (165 a 194) R$ 499,00
7 (195 a 224) R$ 583,00
8 (225 a 254) R$ 666,00
9 (255 a 284) R$ 749,00
10 (285 a 314) R$ 832,00
11 (315 a 344) R$ 915,00
12 (345 a 365) R$ 998,00
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Tabela PIS 2019

Um dos mais importantes benefícios pagos ao trabalhador brasileiro, o PIS, deve receber uma nova tabela para 2019. O calendário de pagamentos do abono salarial, também conhecido como tabela PIS 2019 sofreu algumas mudanças no ano anterior, e muita gente pode ser pega desprevenida pelas mudanças.

Segundo a nova tabela do benefício, os últimos pagamentos do ano anterior devem ser atrasados para o início do ano de 2019, o que vai fazer com que o mês de 2019 tenha 9 meses de pagamentos do benefício, ao contrário dos anos anteriores, em que o pagamento era feito sempre entre apenas entre os meses de julho e dezembro de cada ano.

Tabela PIS 2019
Tabela PIS 2019

Quem tem direito ao PIS 2019

Antes de falar sobre a Tabela PIS 2019, você precisa entender quem tem direito a este benefício do Governo. Confira:

  • Para receber é preciso trabalhar em uma empresa privada, com carteira assinada;
  • Ter no mínimo 5 anos de cadastro junto ao PIS;
  • Ter trabalhado durante o período mínimo de um mês no ano anterior ao recebimento do benefício;
  • Ter recebido em média dois salários mínimos mensais no ano base.

Essas são as exigência para que você possa receber o PIS 2019.

Tabela 2019 do PIS

Os pagamentos do benefício serão feitos entre os meses de Janeiro e Março, para os benefícios remanescentes de 2018 que não foram pagos. Após Março, não haverá pagamentos nos meses de Abril, Maio e Junho, e então em Julho começam os pagamentos do benefício 2019 propriamente ditos. As datas de pagamento ocorrem mês a mês até Março do ano seguinte.

A tabela de pagamentos de 2018/2019 já está disponível com todos os pagamentos do benefício relativos ao ano anterior. Confira a seguir:

Tabela PIS 2019

O calendário a seguir contém todas as datas de pagamento do PIS entre Julho de 2018 e março de 2019. Têm direito ao pagamento do abono salarial os trabalhadores que tiverem trabalhado por pelo menos 30 dias em 2018.


TABELA PIS 2018/2019 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (ATUALIZADA)
Calendário de pagamento do PIS 2018/2019 para agências da Caixa:
Aniversário Pode Sacar em: Até:
Julho 27/07/2018 29/06/2019
Agosto 17/08/2018 29/06/2019
Setembro 14/09/2018 29/06/2019
Outubro 19/10/2018 29/06/2019
Novembro 17/11/2019 29/06/2019
Dezembro 14/12/2019 29/06/2019
Janeiro e Fevereiro 18/01/2019 29/06/2019
Março e Abril 22/02/2019 29/06/2019
Maio e Junho 15/03/2019 29/06/2019

Confira também as datas de pagamento da tabela do PIS no primeiro semestre de 2018:

TABELA PIS 2018/2019 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (ATUALIZADA)
Calendário de pagamento do PIS para agências da Caixa:
Aniversário
Pode Sacar em: Até:
Julho 28/07/2017 30/06/2018
Agosto 18/08/2017 30/06/2018
Setembro 15/09/2017 30/06/2018
Outubro 14/10/2017 30/06/2018
Novembro 21/11/2017 30/06/2018
Dezembro 15/12/2017 30/06/2018
Janeiro e Fevereiro 19/01/2018 30/06/2018
Março e Abril 16/02/2018 30/06/2018
Maio e Junho 16/03/2018 30/06/2018

Tabela PIS 2018-2019

A tabela a seguir contém os dados de pagamento do benefício até março de 2019. Os pagamentos subsequentes a partir de Julho ainda não tiveram datas divulgados.

Como Sacar o Benefício?

O saque do abono salarial é feito com o cartão do cidadão. Esse documento pode ser feito em agências da Caixa Econômica Federal, e leva usualmente cerca de 30 dias para ficar pronto, sendo necessário retirar o seu cartão no banco. Para fazer o cartão do cidadão, você vai precisar:

  • Levar um documento de identidade com foto e que contenha o seu número de CPF;
  • Um comprovante de residência;
  • E a sua carteira de trabalho.

Depois de ter o seu cartão em mãos, você pode realizar o saque em qualquer caixa eletrônico da Caixa, ou pelo atendimento do banco. Ainda existe a opção de realizar o saque do benefício em lotéricas e postos de atendimento conveniados da Caixa, mas é igualmente necessário ter em mãos o seu cartão do cidadão.


Consulta PIS 2019

Através da consulta PIS 2019 o trabalhador pode saber se o seu benefício já está liberado e outras informações referentes a ele.

Abaixo você pode conferir o passo a passo de como realizar a consulta PIS:

  • Entre no site da Caixa, clicando aqui;
  • Informe o número do PIS e a senha cadastrada;
  • Selecione a caixa “não sou um robô”;
  • Clique em “OK”.

Além da internet, há outras formas de realizar a consulta PIS, tanto pelo telefone, como em uma agência Caixa. Veja como:

Pelo telefone, você deverá apenas telefonar para a central de atendimento da Caixa Econômica Federal pelo seguinte número: 0800 726 0207.

A ligação é gratuita, e pode ser feita de segunda à sexta, das 8h às 22h.

Já de forma presencial, o trabalhador precisa apenas se dirigir a uma agência da Caixa, com seu cartão cidadão e documento de identificação com foto e solicitar a consulta PIS 2019.

Qual o Valor do PIS?

Tanto o PIS quando o PASEP possui valores proporcionais ao tempo de serviço no ano base (2018). Cada mês de trabalho dá direito ao trabalhador direito a 1/12 do valor integral do PIS, que corresponde à 1 salário mínimo.

O valor do mínimo é fixado de acordo com a data em que o pagamento é liberado, ou seja, os trabalhadores que tiver seu PIS liberado em 2018, terá seu benefício indexado pelo valor do mínimo de 2018 (R$ 954,00). Já quem teve o abono liberado em 2019, poderá sacar o abono reajustado pelo piso 2019 (R$ 998,00).

Para esclarecer suas dúvidas sobre o valor do benefício, a Caixa Econômica Federal liberou a tabela de valor proporcional do PIS. Confira abaixo:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 84,00
2 (45 a 74) R$ 167,00
3 (75 a 104) R$ 250,00
4 (105 a 134) R$ 333,00
5 (135 a 164) R$ 416,00
6 (165 a 194) R$ 499,00
7 (195 a 224) R$ 583,00
8 (225 a 254) R$ 666,00
9 (255 a 284) R$ 749,00
10 (285 a 314) R$ 832,00
11 (315 a 344) R$ 915,00
12 (345 a 365) R$ 998,00

Vale lembrar que esses reajustes não são feitos para aumentar o poder de consumo da população: os aumentos são feitos apenas para cobrir o aumento da inflação no período: O poder de consumo de quem receber o PIS 2019 de R$ 998,00 é praticamente o mesmo de quem recebeu na metade de 2018 no valor de R$ 954,00. Se você estiver em dúvida, confira como consultar o extrato do PIS clicando aqui!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Abono Salarial 2020: Calendário PIS/PASEP 2020, Valor, Consulta PIS

Aguardado ansiosamente todos os anos pelo trabalhador, o Abono Salarial 2020 é uma importante fonte de renda para o empregado. Considerado por muitos como o 14º Salário, o Abono Salarial 2020 contará com algumas novidades divulgadas pelo Governo, a serem divulgadas pelo calendário do próximo ano. O PIS é o benefício pago aos trabalhadores que estiveram empregados com carteira assinada por mais de 30 dias no ano anterior, e é sacado no valor de um salário mínimo pago por ao aos beneficiários através da Caixa.

Para saber qual a data de pagamento do seu benefício, confira as datas divulgadas através da tabela do PIS 2020, divulgadas pelo Ministério do Trabalho e pela Caixa Econômica Federal.

Abono Salarial 2020
Abono Salarial 2020

Quem tem direito ao Abono Salarial 2020

O Abono salarial do trabalhador é um benefício pago exclusivamente a trabalhadores que possuam carteira assinada e que se enquadrem dentro de um perfil estabelecido pelo Governo Federal para receber o benefício. Os critérios são:

  • Ter cadastro há 5 anos ou mais no PIS;
  • Deve ter sido empregado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano anterior, sejam consecutivos ou não;
  • Seu salário não pode ter sido superior a dois mínimos;
  • A empresa precisa ter entregue a RAIS ao Ministério do Trabalho.

Quem não tem direito ao abono salarial 2020

Segundo a regra acima, só tem direito ao abono pessoas que tenham sido vinculadas a empresas. Por isso não se enquadram nas regras do abono salarial, por exemplo:

  • Empregadas domésticas e diaristas que, mesmo tendo carteira assinada, não possuem vínculo com uma empresa que preste contas com o MTE.
  • Também não tem direito ao abono salarial pessoas que exerçam atividades como trabalhador liberal, com emprego frio, ou que contribuam com o INSS através da guia de contribuição da Previdência Social.

Valor do Abono Salarial

O Abono Salarial é pago de acordo com o salário mínimo nacional. Conforme estabelecidos nas novas regras do PIS 2020, o mesmo é pago proporcionalmente, de acordo com o tempo de trabalho de carteira assinada do trabalhador.

Segundo o novo cálculo do Abono, cada mês trabalhado equivale a 1/12 do valor do salário mínimo. Entenda:

  • Se você trabalhou durante todo o ano com a carteira assinada, terá direito ao valor integral do mínimo;
  • Se você trabalhou durante seis meses, terá direito a 1/2 do valor do salário mínimo nacional;
  • Se você trabalhou durante o ano base inteiro com a carteira assinada, terá direito a 1/12 do valor do mínimo nacional.

Confira abaixo a tabela do valor do Abono Salarial para ver como funciona:

Dias trabalhados Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 84,00
2 (45 a 74) R$ 167,00
3 (75 a 104) R$ 250,00
4 (105 a 134) R$ 333,00
5 (135 a 164) R$ 416,00
6 (165 a 194) R$ 499,00
7 (195 a 224) R$ 583,00
8 (225 a 254) R$ 666,00
9 (255 a 284) R$ 749,00
10 (285 a 314) R$ 832,00
11 (315 a 344) R$ 915,00
12 (345 a 365) R$ 998,00

Consulta Abono Salarial 2020

Se você conferiu acima as regras do abono e descobriu que tem direito ao benefício, chegou a hora de consultar a data de pagamento do seu PIS 2020. A consulta do abono salarial pode ser feita de 3 maneiras:

  • Através do site da Caixa;
  • Pelo Portal do Cidadão, na qual você pode consultar além desse, diversos outros benefícios ligados ao seu cartão do cidadão;
  • Através do número de atendimento por telefone (ligação gratuita), na qual você pode consultar as datas de pagamento do calendário;
  • Ou mesmo verificando em uma agência bancária da Caixa.

Você também pode consultar as datas de pagamento clicando aqui, onde você consulta as datas de pagamento de cada servidor.

💡 Para uma leitura mais detalhada: Confira como fazer a Consulta PIS e também a Consulta PASEP.

Consulta PIS pela Internet

Entre as formas de consulta, temos a opção online, a qual é muito simples de ser realizada, confira:

  • Acesse o Portal Cidadão da Caixa, clicando aqui;
  • Informe os dados necessários, como número do NIS e senha da internet;
  • Selecione a caixa “Não sou um robô”;
  • Clique em “OK”.

Consulta PIS pela Agência da Caixa

Outra forma de consulta é nas agências da Caixa Econômica Federal. Para consultar informações sobre seu benefício, você deverá apenas conter um documentos de identificação com foto e o seu cartão cidadão.

A consulta pode ser feita tanto no caixa eletrônico, quanto no atendimento do banco.

Telefone da Caixa

A terceira e última opção de consulta é por meio do telefone de atendimento da Caixa Econômica Federal disponibilizado para benefícios sociais.

O atendimento acontece de segunda à sexta, das 8h às 22h e aos sábados das 10h às 16h. A ligação é gratuita.

Pagamento Abono Salarial 2020

O Abono pode ser sacado em:

  • Lojas Lotéricas conveniadas da Caixa;
  • Postos de atendimento Caixa Aqui ou;
  • Em agências bancárias, tanto pelo caixa eletrônico quando pelo atendimento pessoal.

Para receber o seu benefício, tenha em mãos um documento de identidade – precisa ser um que tenha foto – e o seu cartão do cidadão – que pode ser feito na agência da Caixa. Os valores do PIS ficam disponíveis a partir da data divulgada no calendário até o dia 30 de junho do ano seguinte.

Calendário do Abono Salarial

É importante que todo beneficiário acompanhe o calendário do Abono Salarial 2020, pois é através do mesmo que são definidas as datas de pagamento do benefício.

O calendário é organizado de acordo com a data de aniversário do cidadão. Essa medida foi tomada para que as agências não fique tumultuadas, e assim, a data de pagamento distribuída de forma justa.

Calendário Abono Salarial 2020 – Servidores Públicos

TABELA PASEP 2019/2020 Banco do Brasil (ATUALIZADA)
Datas de pagamento do Calendário PASEP 2020
Final do PASEP: Podem Sacar em: Podem sacar até:
0 25/07/2019 03/06/2020
1 15/08/2019 03/06/2020
2 19/09/2019 03/06/2020
3 17/10/2019 30/06/2020
4 14/11/2019 30/06/2020
5 16/01/2020 03/06/2020
6 e 7 13/02/2020 30/06/2020
8 e 9 19/03/2020 30/06/2020

Calendário Abono Salarial 2020 – Iniciativa Privada

TABELA PIS 2019/2020 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (ATUALIZADA)
Datas de pagamento do Calendário PIS 2020
Aniversário Pode Sacar em: Até:
Julho 25/07/2019 30/06/2020
Agosto 15/08/2019 30/06/2020
Setembro 19/09/2019 30/06/2020
Outubro 17/10/2019 30/06/2020
Novembro 14/11/2019 30/06/2020
Dezembro 12/12/2019 30/06/2020
Janeiro e Fevereiro 16/01/2020 30/06/2020
Março e Abril 13/02/2020 30/06/2020
Maio e Junho 19/03/2020 30/06/2020

Quotas do PIS

Os valores depositados pelas empresas aos trabalhadores cadastrados no PIS entre os anos de 1972 até 04/10/1998 pode ser sacados.

No entanto, não é qualquer pessoa que pode receber esse pagamento. É necessário ser o titular, portar o número do PIS, documento de identificação com foto e seguir uma das exigências abaixo:

  • Aposentadoria;
  • Morte do participante;
  • Pessoa portadora de deficiência ou idoso.
  • SIDA/AIDS, Câncer, Invalidez, Doenças listadas na portaria Interministerial – do participante ou dependente;
  • Transferência de militar para a reserva remunerada.
  • Ter 70 anos de idade ou mais.

O valor pode ser recebido em qualquer agência da Caixa, como:

  • Caixas eletrônicos ou correspondentes da Caixa e Lotéricas, com o Cartão Cidadão;
  • Crédito em conta individual na Caixa, de mesma titularidade, com movimentação e saldo positivo.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Abono Salarial 2019: Calendário PIS/PASEP 2019, Valor, Consulta PIS

O abono salarial 2019 é um benefício de grande importância para os trabalhadores brasileiros. Isto porque com o valor deste benefício, o cidadão poderá fazer aquela viagem do seu sonho ou até mesmo fazer aquela reforma tão desejada em sua casa. O dinheiro extra ajudará de diversas formas no convívio do beneficiário. Portanto, para que tenha acesso ao abono salarial 2019 é preciso que fique por dentro de todas as informações. Então, quer se informar por completo sobre este benefício?

O PIS e o PASEP são considerados abonos salariais, no entanto os dois são dois benefícios diferentes. O PIS – Programa de Integração Social é para trabalhadores de empresas privadas e o PASEP – Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público é para trabalhadores de empresas públicas.

Abono Salarial 2019 – Calendário de pagamentos do PIS 2019, valor do PIS, quem tem direito ao PIS
Abono Salarial 2019 – Calendário de pagamentos do PIS 2019, valor do PIS, quem tem direito ao PIS

Outra diferença entre eles é a forma de recebimento, os trabalhadores do PIS recebem através da Caixa Econômica Federal, já os trabalhadores do PASEP através do Banco do Brasil.

💡 Confira também: Confira também a tabela de pagamentos do abono salarial 2020.

Valor do Abono Salarial 2019

O valor do abono salarial 2019 é calculado de acordo com o valor do salário mínimo atual ajustado ao tempo de serviço do trabalhador.

Cálculo

Cada mês trabalhado no ano base (2018) com a carteira assinada dá direito a 1/12 do valor do salário mínimo na data de saque.

Para ter direito ao abono salarial, será necessário ter, no mínimo 30 dias com carteira assinada durante o ano base. O valor integral do benefício só estará disponível, dessa forma, para quem teve a carteira assinada durante todo o ano de 2018.

Proporção (meses trabalhados) Valor Abono 2019
1 R$ 84,00
2 R$ 167,00
3 R$ 250,00
4 R$ 333,00
5 R$ 416,00
6 R$ 499,00
7 R$ 583,00
8 R$ 666,00
9 R$ 749,00
10 R$ 832,00
11 R$ 915,00
12 R$ 998,00

Calendário do Abono Salarial 2019

Para que os beneficiados pelo abono salarial não fiquem totalmente perdidos, anualmente, é divulgado o calendário do abono salarial 2019. É por meio deste calendário que as pessoas devem ficar informadas sobre a data do início do pagamento e também a data limite para saque.

O calendário do abono é constituído pelo mês de nascimento do cidadão. Esta medida foi tomada para que todos os beneficiários não recebam em um dia só. Isto faria com que as agências e sistemas ficassem sobrecarregados, ocasionando assim filas e lentidão, respectivamente.

Para facilitar sua vida, disponibilizamos o calendário do abono salarial 2019 abaixo. Para que não perca o prazo de seu abono, basta apenas imprimir e expor em algum lugar visível.

Calendário de Pagamento PIS 2019-2020
​​Nascido em ​Recebem a partir de ​Crédito em conta
​Julho ​25/07/2019 ​​23/07/2019​
​Agosto ​15/08/2019 ​​13/08/2019​
​Setembro ​19/09/2019 ​​17/09/2019​
​Outubro ​17/10/2019 ​​15/10/2019​
​Novembro ​14/11/2019 ​12/11/2019
​Dezembro ​12/12/2019 ​​10/12/2019
​Janeiro ​​16/0​1/2020 14/01/2020
​Fevereiro
​Março ​​13/02/2020 ​​11/02/2020
​Abril
​Maio ​​19/03/2020​​ 17/03/2020
​​Junho

Quem tem Direito ao Abono Salarial 2019

Como todos os benefícios, não são todas as pessoas que possuem direito. É preciso obedecer à algumas exigências definidas pelo Governo Federal e Caixa Econômica Federal, são elas:

  • O trabalhador necessita ter trabalhado com carteira assinada por, no mínimo, 30 dias no ano-base. Esses dias podem ser consecutivos ou não.
  • A empresa no qual você trabalha precisa ter entregue a Relação Anual de Informações Sociais, também conhecida pela sigla RAIS, ao Ministério do Trabalho.
  • A renda mensal bruta não pode ultrapassar do valor de dois salários mínimos no ano-base. Isto quer dizer que o valor não pode ser mais que R$ 1.760.
  • O trabalhador necessita ter um cadastro no PIS por, no mínimo, 5 anos.

Quem não tem direito ao Abono Salarial

As Empregadas e trabalhadores domésticos não tem direito ao Abono Salarial do PIS. Esse benefício é pago somente para trabalhadores que possuem vínculo com pessoa jurídica tem direito ao benefício, e as domésticas, em geral, tem vínculo com empregador pessoa física – pelo sistema Empregador Social.

Além dos citados acima, não tem direito de receber o benefício as seguintes pessoas:

  • Funcionário público;
  • Trabalhadores que recebam renda mensal de mais de 2 salários mínimos;
  • Trabalhadores Rurais – Vínculo empregatício com pessoa física;
  • Trabalhadores Urbanos – Vínculo empregatício com pessoa física.

Consulta Abono Salarial Caixa

Se você deseja consultar o seu benefício e ter maiores informações sobre o Abono Salarial, é simples. Confira as formas de consulta disponibilizadas abaixo:

Pela Internet

Uma das formas mais simples de realizar a consulta é através da internet. Confira o passo a passo abaixo:

  • Acesse o site do Portal Cidadão Caixa;
  • Digite o número do NIS;
  • Digite a senha da internet;
  • Selecione o quadrado “Não sou um robô”;
  • Clique em “OK”.

Agência Caixa

Outra forma de consultar é através da agência Caixa. Através da mesma você também poderá realizar o saque do Abono Salarial, para isso é preciso ter em mãos:

  • Cartão Cidadão;
  • Documentos de identidade com foto.

Você pode consultar no atendimento do banco ou então no Caixa Eletrônico.

Caso não possua o cartão cidadão, poderá realizar o saque somente com sua carteira de identidade no atendimento pessoal do banco.

Pelo Telefone Caixa

A última opção de consulta do seu Abono Salarial é através da central de atendimento da Caixa. Você pode ligar para o seguinte número:

  • 0800 726 0207.

A ligação é gratuita, e pode ser fita de segunda a sexta das 8h às 22h e nos sábados das 10h às 16h.

Como Sacar o Abono Salarial 2019

Pode parecer uma dúvida muito boba, no entanto, muitas pessoas possuem dúvidas sobre como sacar o abono salarial 2019. Para receber o abono, o beneficiário precisa ter o cartão cidadão, um cartão que engloba todos vários benefícios sociais. Este cartão pode somente ser requeridos nas agências da Caixa Econômica Federal. Leva algo em torno de 30 dias para ficar pronto.

Com o cartão cidadão, então, o beneficiário pode sacar o PIS 2019 em:

    • Agência da Caixa Econômica;
    • Correspondente Caixa Aqui;
    • Ou também numa lotérica conveniada à Caixa.

Caso você serja servidor, público, precisa sacar o seu abono salarial pelo Banco do Brasil. No caso dos servidores públicos, as regras do abono são as mesmas, mas o calendário é diferenciado, pois segue a tabela do PASEP 2019.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

PASEP 2020

PASEP conhecido também como Programa de Formação de Patrimônio do Servidor Público é um dos importantes programas do Governo Federal, destinado ao funcionários de empresas públicas do Governo Federal. Esse ano, o abono salarial PASEP 2020 conta com diversas mudanças, especialmente o novo calendário PASEP 2020, com as novas datas de pagamento do abono salarial do servidor público.

Funcionário público estadual, federal ou municipal podem receber o PASEP desde que atenda aos requisitos de participação do programa, é uma remuneração extra que acrescenta anualmente o rendimento do servidor.

O PASEP 2020 é um benefício que auxilia a integração social do trabalhador, o Governo Federal junto com o Banco do Brasil e o Ministério Publico pagam uma remuneração anual de um salário mínimo ao servidor público.

PASEP 2020
PASEP 2020

Calendário do PASEP 2020

Os pagamentos destinados a 2019/2020 estão sendo realizados, é importante que você saque o benefício o quanto antes, pois a data limite de saque do benefício é até 30 de junho de 2020, o PASEP assim como o benefício PIS é são benefícios não acumulativos, ou seja, ser você não sacar perde o direito a receber o benefício, ser no próximo ano você se enquadrar nos requisitos de recebimento, só terá direito a uma saque do benefício PASEP.

Tabela PASEP 2020

Confira abaixo as datas de pagamento do abono salarial PASEP 2020. A tabela do PASEP 2020, ao contrário da tabela do PIS, não é organizada através da data de nascimento dos beneficiários, e sim, através do último dígito do número do PIS do trabalhador. Confira abaixo a data do PASEP 20208:

Calendário de pagamentos do BB-PASEP 2019/2020
confira quando sacar o seu PASEP
Final do PASEP: Podem Sacar em: Podem sacar até:
0 27/07/2019 29/06/2020
1 17/08/2019 29/06/2020
2 14/09/2019 29/06/2020
3 19/10/2019 29/06/2020
4 17/11/2019 29/06/2020
5 18/01/2020 29/06/2020
6 e 7 22/02/2020 29/06/2020
8 e 9 15/03/2020 29/06/2020

Quem tem direito ao PASEP 2020

Para receber o PASEP é preciso que o trabalhador atenda os seguintes requisitos de participação do programa:

  • Para receber é necessário que o trabalhador tenha no mínimo 5 anos de cadastro no programa PASEP;
  • O mesmo deve ter no mínimo 5 anos registrado em carteira como servidor público;
  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias de carteira assinada no ano anterior ao vigente;
  • O trabalhador deve receber até 2 salários mínimos.

Novas Regras do PASEP

O Ministério do Trabalho em 2015, implementou novas regras ao PASEP. Antigamente, se o servidor se enquadrasse nos critérios de participação, receberia um salário mínimo. No entanto, isso mudou. Agora, o servidor receberá o valor do benefício de acordo com seu tempo de serviço no ano anterior, sendo o valor máximo pago de um salário mínimo.

A cada 30 dias de carteira assinada, você terá direito a 1/12 do valor do salário mínimo vigente.

Valor do PASEP 2020

O PASEP é um dos benefícios que tem como referência o valor do salário mínimo nacional, o valor que tem vigência este ano é de R$ 937 reais, o benefício é pago anualmente de acordo com o salário mínimo. Para tirar a dúvida sobre quanto você tem a receber do BB, você pode consultar o PASEP e descobrir o saldo disponível para saque do benefício.

É importante ressaltar que o valor do PASEP 2020 é um valor proporcional ao tempo de trabalho do trabalhador do ano de base, por isso só tem direito a receber o abono salarial o servidor público que estar realizando as suas atividades funcionais, ou seja, o trabalhador que estar trabalhando. Sendo assim, quem trabalhou por menos tempo, receber o benefício de acordo com a tabela.

Confira a seguir:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 84,00
2 (45 a 74) R$ 167,00
3 (75 a 104) R$ 250,00
4 (105 a 134) R$ 333,00
5 (135 a 164) R$ 416,00
6 (165 a 194) R$ 499,00
7 (195 a 224) R$ 583,00
8 (225 a 254) R$ 666,00
9 (255 a 284) R$ 749,00
10 (285 a 314) R$ 832,00
11 (315 a 344) R$ 915,00
12 (345 a 365) R$ 998,00

Quem faz o cadastro do servidor no PASEP?

O trabalhador deve saber que o seu cadastro no PASEP deve ser feito pelo empregador. Todos os formulários dos servidores devem ser entregues pelo empregador.

Como fazer?

O cadastro dos servidores no PASEP é feito através da entrega de alguns documentos. Inicialmente, será preciso emitir uma carta e entrega-la em uma agência do Banco do Brasil com os seguintes dados:

  • Informações sobre a empresa como endereço, número, CEP e telefone;
  • Nome da razão social;
  • Data de início das atividades de trabalho;
  • Número do CNPJ.

Como Sacar o PASEP 2020

O PASEP 2020, diferente do PIS 2020, é um benefício também do Governo Federal, porém o mesmo é administrado pelo o Banco do Brasil, o mesmo é responsável em repassar, administrar é gerir essa verba aos contemplados com o benefício, por isso o saque só pode ser realizado em qualquer agencia do Banco do Brasil ou redes conveniadas.

O que acontece se eu não receber o Abono Salarial?

O Abono Salarial PASEP é disponibilizado ao trabalhador entre os meses de Julho a Junho do ano seguinte, sendo os pagamentos feitos de acordo com o calendário de pagamento do CODEFAT – Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Se você não realizar o saque de acordo com as datas do calendário PASEP, o valor do seu benefício será devolvido ao FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador e você perderá este direito.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

PASEP 2019

Para os trabalhadores do setor público, o PASEP é um dos benefícios mais importantes para integralização da renda do trabalhador. Também recebendo as alcunhas de abono salarial do servidor publicou, ou de décimo quarto salário do funcionalismo público, o benefício é um salário mínimo extra pago anualmente através de depósito no Banco do Brasil. Os servidores, porém, foram surpreendidos com as mudanças do PASEP 2019, que pegaram muita gente desprevenida, especialmente nas datas de pagamento do benefício. O calendário do PASEP 2015-2016 foi reajustado, por isso vamos esclarecer a seguir todas as dúvidas possíveis sobre o pagamento do abono salarial 2019. Confira!

PASEP 2019
PASEP 2019

Como Funciona o PASEP

O PASEP é um programa que foi criado em 1970, e assim como o PIS, tem o objetivo de ajudar o trabalhador, promover um maior desenvolvimento econômico e aumentar a integração entre funcionários, empregados e órgãos públicos.

O PASEP é um benefício pago anualmente pelo Banco do Brasil aos trabalhadores cadastrados no programa. A data de pagamento é definida de acordo com o Calendário PASEP, que pode ser conferido abaixo.

A tabela disponível ainda é referente ao ano anterior, pois a mesma só é finalizada em junho deste ano. Fique atento, pois a nova tabela pode ser divulgada a qualquer momento.

Quem tem direito ao PASEP

O benefício é pago a todos os servidores que se enquadrarem em todas as características abaixo:

  1. Ter cadastro no PASEP há 5 anos ou mais;
  2. Ter trabalhado no serviço público por pelo menos 30 dias no ano anterior;
  3. Ter a remuneração mensal de até 2 salários mínimos.

Novas Regras do PASEP

Desde 2015, o PASEP incluiu novas regras ao programa. Anteriormente, se o trabalhador se enquadrasse nas regras, iria receber do PASEP o valor de um salário mínimo. Já, com a regra atual, o trabalhador que tem direito ao PASEP irá receber o benefício de forma proporcional, de acordo com seu tempo de serviço. Sendo o valor máximo pago de um salário mínimo.

Calendário PASEP 2019

O Calendário do PASEP de 2019 foi a maior mudança do benefício. Os servidores, acostumados a sacar os seus benefícios entre Julho e Dezembro, tiveram que se virar para fechar as contas no final de ano, já que quase metade dos benefícios deixou de ser paga em 2018, para ser paga em 2019, uma clara manobra para ajeitar as contas do Governo Federal.

Agora os servidores precisam se acostumar com uma estranha realidade, em que o PASEP passa a ser pago nos três primeiros meses do ano, para os servidores que não foram contemplados no ano anterior, e a partir de Julho, do verdadeiro calendário do PASEP 2019.

Tabela Segundo Semestre PASEP 2019

A tabela para o segundo semestre do PASEP ainda não foi divulgada, mas fique atento, pois o Governo deve divulga-la em Maio ou em Junho.

Tabela de pagamento do PASEP 2019 para agências do Banco do Brasil:
Inscrição com final Pagamento a partir de Até
0 28/07/2018 30/06/2019
1 18/08/2018 30/06/2019
2 15/09/2018 30/06/2019
3 14/10/2018 30/06/2019
4 21/11/2018 30/06/2019
5 19/01/2019 30/06/2019
6 e 7 16/02/2019 30/06/2019
8 e 9 16/03/2019 30/06/2019

Tabela do PASEP 2019 – Primeiro Trimestre

A tabela a seguir reflete os benefícios pagos pelo PASEP referentes ao calendário de 2015, mas que não foram pagos no anterior devido ao ajuste fiscal. Os servidores contemplados pelo PASEP em 2016, entretanto, possuem uma certa vantagem, que e receber o seu benefício já com o valor reajustado para o salário mínimo nacional de 2016, que é de R$ 880,00. Confira a seguir a tabela de pagamentos do abono salarial:

Pagamento PASEP

Para que você receba o pagamento do PASEP, deve ir até um agência do Banco do Brasil e apresentar seu cartão cidadão, caso não possua-o deve realizar a solicitação do mesmo em uma agência da Caixa Econômica Federal ou através do telefone. Depois que você tiver o cartão em mãos, será necessário cadastrar uma senha para que assim, você possa ter acesso as informações do PASEP. O cadastro pode ser feito em uma agência da Caixa, ou então em uma Casa Lotérica.

O saque do benefício pode ser realizado n Banco do Brasil, mas para isso, você deve apresentar um documento de identificação com foto e o número do seu PASEP.

Valor do PASEP 2019

Como citado acima, com a nova regra, o valor pago pelo PASEP irá variar de acordo com o tempo de serviço do trabalhador no ano base.

Conforme definido pelo Ministério do Trabalho, a cada 30 dias de carteira assinada, o trabalhador tem direito a 1/12 do salário mínimo.

Confira abaixo a tabela para que você possa entender melhor como funciona:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 84,00
2 (45 a 74) R$ 167,00
3 (75 a 104) R$ 250,00
4 (105 a 134) R$ 333,00
5 (135 a 164) R$ 416,00
6 (165 a 194) R$ 499,00
7 (195 a 224) R$ 583,00
8 (225 a 254) R$ 666,00
9 (255 a 284) R$ 749,00
10 (285 a 314) R$ 832,00
11 (315 a 344) R$ 915,00
12 (345 a 365) R$ 998,00

Cadastramento PASEP

Para realizar o cadastramento no PASEP, o empregador deve ir a uma agência do Banco do Brasil com alguns dados:

  • Data de início das atividades;
  • Endereço completo (com CEP e telefone);
  • Número da inscrição no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda);
  • Razão social.

O trabalhador só deverá ser inscrito uma vez no PASEP ou PIS, o cadastramento é obrigatório no momento da primeira admissão.

Para que não haja o duplo cadastramento, será necessário que o empregador confira Na Carteira de Trabalho e Previdência Social – CPTS se o trabalhador já está inscrito no PASEP. Caso já seja, será necessário somente realizar a anotação de registro.

Consulta PASEP

A consulta do PASEP pode ser realizada de diferentes maneiras, confira:

  • Uma forma muito prática é baixar o aplicativo do Banco do Brasil – BBPASEP no seu celular, assim você poderá consultar o benefício, fazer alterações de dados cadastrais entre outros procedimentos.
  • É possível também ligar para a central de atendimento do Banco do Brasil pelo número 0800 729 0001 ou 4004 0001, dependendo a região a ligação é gratuita.
  • A última maneira é a mais tradicional, ir até uma agência do Banco do Brasil com os seguintes documentos em mãos:

– Documento de Identidade (RG);

– Cartão Cidadão;

– Carteira de Trabalho.

Como Sacar o PASEP

O saque do PASEP de ser realizado em agências do Banco do Brasil. Se você, servidor público, for cliente do Banco do Brasil correntista, verifique o extrato de sua conta corrente, pois o PASEP pode cair diretamente na conta de quem possui ligação com o BB.

Para realizar o saque do seu benefício do PASEP, você precisa portar documentos de identificação e a sua carteira do trabalho se dirigir a uma agência do Banco do Brasil, no atendimento do Banco. O valor do benefício, como mencionado acima, é de R$ 998,00, equivalente a um salário mínimo de 2019.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...